O Sindicato dos Servidores Públicos de Paulínia vem convocar todos os trabalhadores da educação para participar de ato local em sintonia com a greve nacional da educação em defesa da Previdência e contra os cortes no orçamento do ensino.

A proposta de reforma da previdência, de nome técnico PEC 6/2019, que tramita no congresso nacional revela-se cada vez mais perversa, menos transparente e pouco efetiva.

A PEC é extremamente maldosa nos seguintes pontos: aumenta o valor de contribuição e aumenta a idade mínima penalizando os trabalhadores com menor escolaridade, que têm menor remuneração e começam a trabalhar mais cedo pois assim a sua condição social exige. O governo federal não tem respostas para questões simples levantadas no congresso por deputados federais e colocou sob sigilo estudos e pareceres que “embasam” todo o esforço em transferir para bancos privados os recursos provenientes da arrecadação previdenciária.

O verdadeiro projeto que deveria ser apresentado pelo governo é o ajuste fiscal, este sim é necessário para combater privilégios de setores e segmentos minoritários que representam a maior parte dos gastos, como militares, políticos e o poder judiciário. Mas a proposta do governo não toca nesses pontos.

Este enfrentamento alimentado pelo governo liderado por Jair Bolsonaro é injusto contra os trabalhadores da educação. Revela o desprezo pelo conhecimento e pela diversidade do povo brasileiro. Além de evidenciar a fraude eleitoral de 2018, pois a ausência do embate político permitiu a vitória do candidato que não debateu nenhum Plano de Governo.

O bloqueio e corte no orçamento da educação pública seriam rejeitados pelos eleitores se a democracia brasileira fosse plena, todos sabemos que a população almeja uma escola pública de qualidade.

Assim foi aprovado por unanimidade a participação de todos os profissionais da educação, na paralisação que será dia 15 de Maio.

O Sindicato vai fazer todos os trâmites e formalidades necessários, inclusive a solicitação de reposição desta data, para evitar prejuízo aos profissionais da educação e educandos do nosso município.

Dia: 15 de maio – Paralisação Nacional da Educação. Horário: às 7:45 hs
Concentração: Praça do Bombeiro

Vamos fazer passeata e panfletagem. Venha defender seus direitos!
Sua presença é muito importante! #nenhumdireitoamenos

Vem pra rua, essa luta também é sua!
STSPMP