A diretoria STSPMP (Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Paulínia) informa aos servidores que tem realizado gestões junto à Prefeitura para que seja realizada, o mais breve possível, a reunião entre o Sindicato e os setores responsáveis da Administração para a abertura das negociações da data-base/2017 do funcionalismo público.

O pedido para a realização da reunião de abertura das negociações foi protocolado pela diretoria do STSPMP junto ao Serprot (Serviço de Protocolo) da Prefeitura no dia 29 de março (veja documento acima).

Mas, até o momento do fechamento desta nota, a Administração Municipal ainda não havia marcado uma data.

A data-base dos servidores públicos municipais de Paulínia é o mês de maio e, na avaliação da diretoria do Sindicato, as negociações devem ser iniciadas com a máxima urgência.

AS REIVINDICAÇÕES

De acordo com decisões tomadas na Assembleia Geral da categoria, realizada em 27 de março, são os seguintes os principais itens da campanha salarial/2017, a serem negociados com a Prefeitura:

* Reajuste IPCA – 6,29%.
*Recomposição de perda salarial – aumento real dos salários em 10%.
* Subsídio de convênio médico para toda a categoria.
* Reajuste do vale transporte para o valor de R$ 100,00.
* Reajuste do auxílio alimentação  para o valor de R$ 1.050,00, nas modalidades cartão, ticket ou vale alimentação.
* Pagamento dos dias parados da greve. (O cumprimento desse item de reivindicação foi assumido pelo prefeito Dixon Camargo, durante a campanha salarial, ao assinar a Carta Compromisso com os Servidores).
* Revisão e adequação imediata do adicional de insalubridade. (Item que também consta na Carta Compromisso assinada pelo prefeito durante a campanha).

OUTROS TEMAS

A assembleia do dia 27 de março também deliberou que outras questões também deverão estar na mesa de negociação da campanha salarial. Entre elas, a dispensa dos representantes das unidades para participar das discussões do PCCV (Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos); a realização de estudo para adequação do número de funcionários por setor; a contratação de servidores apenas por concurso público e, por fim, discussão sobre impactos no PauliPrev.
Estes são alguns dos principais itens, porém todos os itens elencados em assembleia serão levados ao debate com a Administração assim que formos chamados para a mesa de negociação.

Diretoria STSPMP

 

Confira o boletim na versão em PDF