O nosso Sindicato tem acompanhado as reuniões propostas pelo Instituto de Previdência, como já divulgado, onde se discute modificações na LC 18/2001, nos artigos referentes a base previdenciária, principalmente porque são várias questões apontadas pelo Tribunal de Contas referentes a aposentadorias glosadas e recálculos, por valores com caráter permanente e indenizatório.

A lei municipal deixou lacunas que vêm trazendo prejuízos, quer seja para os já aposentados, quer seja para o próprio Instituto, e em última instância, a todos nós Servidores, contribuintes do Instituto.

Essa é uma discussão importantíssima, pois vai alterar as verbas que compõem as aposentadorias. Há uma proposta do Instituto que está em debate ainda, onde se propõe que os Servidores possam optar por incluir determinadas verbas para entrar na média da aposentadoria. O Sindicato, por outro lado propõe que se especifique todas as verbas para não deixar brechas, deixando claro quais as verbas de caráter permanente.

No dia 11 de março, às 18 hs, na sede da entidade sindical, realizaremos uma assembleia que vai discutir detalhadamente as propostas e os estudos realizados, com vistas à garantir as melhores condições de aposentadoria para nossa categoria.

Estamos dentro de um contexto político nacional onde se discute também alterações na previdência geral, mas que afetam o funcionalismo público.

Por isso, é imprescindível acompanhar, discutir e participar, pois há muitos pontos que afetam os servidores públicos diretamente.

No dia 12 de março haverá nova reunião no Instituto, já confirmada, para apresentarmos as propostas e deliberações levantadas em Assembleia. Por isso, a presença de todos é essencial.

Participem! É nosso Instituto! É nossa Aposentadoria!

Avante na luta!
STSPMP