O Sindicato e os trabalhadores da Prefeitura de Paulínia, celebram um feito que só foi possível graças á compreensão de todos os envolvidos. O Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV) é uma pauta histórica dos servidores públicos, como forma de garantir valorização e incentivar a melhoria contínua do serviço público à população.

Com a evolução funcional, regulamentam-se procedimentos objetivos, sérios e transparentes para uma carreira, com a responsabilidade devida com o dinheiro público e a isonomia que se requer.
Garante-se, assim, a possibilidade de romper amarras antigas que acontecem, não somente em Paulínia, das indicações e conchavos, articulações da baixa política. Por tudo isso, temos a certeza de que um bom PCCV para os servidores públicos será uma excelente vitória para o atendimento à População.

Longe de ser meramente uma questão corporativa, sua função é justamente regulamentar procedimentos adequados para Paulínia estar à altura do que merece! Nesse sentido, o Sindicato, juntamente com o conjunto dos servidores públicos de Paulínia, saúdam os avanços realizados até agora, demonstrando é possível ter uma nova prática de reorganizar a classe trabalhadora, com democracia, efetiva participação, seriedade em estudar e buscar as melhores soluções, ouvindo os mais diversos setores, analisando alternativas e possibilidades, a partir de quem realmente vive o desafio do serviço público.

Deve-se reconhecer que a atual gestão da Prefeitura permitiu o devido diálogo, com liberações dos servidores para as reuniões e disposição em buscar soluções conjuntar, conseguimos avançar em muitos pontos, acatando nossas argumentações mesmo que não integralmente. O desafio é criar um novo patamar de referência de direitos, para que não haja retrocessos e possamos reestruturar a carreira do funcionalismo, com uma política clara de valorização e respeito com quem dedica suas vidas a melhor servir a população. Assim, com estes passos dados até o presente momento, conseguimos apresentar à Prefeitura uma excelente proposta de PCCV, responsável e adequada. No entanto, até a presente dada nada está garantido.

Estamos em um momento decisivo para conseguir garantir que a proposta de minuta de lei a ser enviada pela Prefeitura à Câmara dos Vereadores, até o dia 29 de setembro, seja realmente o que se construiu conjuntamente, com a garantia do atendimento de nossas reivindicações. Portanto, estamos entusiasmados com o trabalho realizado até agora, com 43 reuniões setoriais, com 12 reuniões gerais, com 14 reuniões com a Prefeitura, ocupação do gabinete do Prefeito, 4 assembleias deliberativas no sindicato, ampla mobilização e conscientização da categoria.

Sindicato está satisfeito com o empenho e dedicação de centenas de servidores públicos envolvidos, inúmeras contribuições, fazendo estudos, planilhas, protocolos, se dedicando aos sábados, em feriados, enfim, um avanço no processo de organização da categoria. Desta forma, é com esse ânimo que seguiremos nesta batalha para que a redação da Prefeitura contemple nossas reivindicações, e, em seguida, no mês de outubro, que tenhamos a devida aprovação final na Câmara de Vereadores e, depois, finalmente com a correta implementação na Prefeitura a partir de Janeiro de 2018.

Parabéns aos servidores públicos municipais de Paulínia!

Estamos reconstruindo o orgulho de nossa categoria, de cabeça erguida e cara limpa!

Ainda não temos nada 100% garantido, mas estamos mobilizados e organizados, conscientes da justeza de nossas reivindicações!

Venha se somar a esse combate!

A luta continua!

Venha para a assembleia final de aprovação da proposta construída pelo Sindicato e os servidores:
PCCV do Magistério, dia 18 de setembro, segunda-feira, às 18h, no Sindicato
PCCV do Quadro Geral, dia 19 de setembro, terça-feira, às 18hs, no Sindicato

Paulínia, 13 de setembro de 2017